quinta-feira, fevereiro 11, 2010

Levei pela mão



Levei-te pela mão junto ao mar
sentámo-nos na praia nessa noite de luar
era a primeira vez que nos aventurávamos
sozinhos, para os caminhos do amor trilhar

O silêncio do turbilhão das coisas por dizer
a angustia daquilo que queríamos
e ainda não sabíamos como fazer

Timidamente minha mão na tua de novo pousei
teus lábios de mansinho beijei

Senti tua entrega
olhos fechados para não ver
aquilo que aos poucos
íamos aprendendo a fazer

Possui-te meigamente
criando fantasias, sem saber
se era o descompasso do meu coração
ou as ondas nas rochas a bater

© Poema: Fernando Antunes; Foto: Armando Isaac

2 comentários:

  1. Um poema de amor muito belo, quente, para uma bela foto! Parabéns ao fotógrafo e ao poeta!

    ResponderEliminar